Arquivo da tag: samba mirim

Samba Mirim volta a circular no recôncavo

> Começa em Maragojipe, dia 15 de julho, 10h, na Casa do Samba de Maragojipe (Sede da Fundação Vovó do Mangue).

A proposta do “Projeto Sambas de Roda Mirins, foi meu Mestre que ensinou” é de Salvaguardar, preservar, recriar e difundir o Samba de Roda, mediante os grupos de samba de roda mirins formados através da Rede das Casas de Samba de Roda por meio de diversas ações formativas, artísticas e educativas.

Em 2017, acontecerão 5 encontros nas cidades de Maragojipe, Irará, Acupe, São Francisco do Conde e Saubara, com a participação de 11 grupos de sambas mirins: Samba de Roda Vovó Sinhá (Saubara), Samba Mirim Renovação do Recôncavo (Maragojipe), Samba Mirim Raizes de Acupe (Acupe-Santo Amaro), Samba Mirim Frutos do Mestre (Terra Nova), Samba Mirim Fruto da Raiz (Antonio Cardoso), Samba Mirim Flores da Pitanga (São Francisco do Conde), Samba Mirim Juventude do Iguape (Iguape/Cachoeira) e Samba Mirim Infanto Juvenil da Loja (Irará), Samba Mirim Os Filhos de Maria (Vera Cruz), Barquinha Mirim (Bom Jesus dos Pobres/Saubara) e Bicho da Cana (Salvador).

A abertura será em Maragojipe, dia 15 de julho, 10h, na Casa do Samba de Maragojipe (Sede da Fundação Vovó do Mangue – End: Praça Conselheiro Antonio Rebouças, nº 16 – Centro). Terá participação dos grupos Samba de Roda Vovó Sinhá (Saubara), Samba Mirim Renovação do Recôncavo (Maragojipe), Samba Mirim Raizes de Acupe (Acupe-Santo Amaro) e Samba Mirim Os Filhos de Maria (Vera Cruz).

Este projeto é realizado com o apoio financeiro do Governo do Estado, e Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional – IPAC, através do Fundo de Cultura do Estado da Bahia, Secretaria da Fazenda e Secretaria de Cultura do Estado da Bahia”, por meio do Edital 23/2016 – Setorial de Patrimônio Cultural, Arquitetura e Urbanismo

SALVAGUARDA – a partir do ano de 2005 foi dado início ao plano de salvaguarda do samba de roda que ganhou ainda mais força e visibilidade quando em 2010 um grupo de sambadores e sambadeiras começaram juntamente com a Associação dos Sambadores e Sambadeiras do Estado da Bahia uma articulação para a criação da “Rede de Casas do Samba” (espaços simples, a serem usados coletivamente pelos sambadores para ensaios, atividades educativas, reuniões e o que mais necessitarem) (dossiê IPHAN nº04, pg 90). Esta ação possibilitou a implantação de 14 Casas do Samba de roda em 14 cidades da Bahia. Uma série de atividades foram desenvolvidas a partir da execução da Rede de Casas do Samba com destaque para o trabalho de transmissão de saber ministrados por Mestres do Samba de Roda, por meio de oficinas e encontros que resultaram na constituição de grupos mirins de samba de roda compostos na sua maioria por filhos e netos de sambadores.

Créditos: Foto destaque: Detalhe de Samba Mirim Os Filhos de Maria – Matarandiba (Vera Cruz) – Foto Luis Pereira. Fotos da Galeria, exceto Samba Mirim Os Filhos de Maria são de Reinilson do Rosário

samba_mirim_cartaz_divulgação

Salvador sedia Intercâmbios do Samba Mirim

O projeto Sambas de Roda Mirins continua celebrando as crianças. Mestres e aprendizes de Terra Nova, Irará, Acupe e Simões Filho estarão reunidos em Salvador para o 3º INTERCÂMBIO DOS GRUPOS DE SAMBA MIRIM. O encontro que reúne aproximadamente 100 crianças dos grupos de samba mirins acontece no dia 24 DE OUTUBRO, A PARTIR DAS 14H, na Escola Municipal e Comunitária de Canabrava (R. Bem-Te-Vi, s/n, 2ª etapa de Canabrava, Canabrava – ponto de referência: Farmácia Heli).

Com o mesmo roteiro dos intercâmbios anteriores, o primeiro momento é uma vivência com os mestres. Depois de escutar, tocar e sambar com os mais velhos, os pequenos sambadores mostram o que estão aprendendo nas oficinas que foram realizadas em suas cidades. Os grupos Brava Orquestra (Salvador), Samba Mirim Frutos do Mestre (Terra Nova), Samba Mirim Raízes de Acupe (Santo Amaro), Samba Mirim Violinha do Quilombo (Simões Filho) e Samba Mirim de Irará (Irará) apresentam o resultado do trabalho dos últimos meses.

O Intercâmbio é uma das atividades previstas no projeto Sambas de Roda Mirins, aprovado por meio do CHAMAMENTO PÚBLICO Nº 03/2014 – APOIO E FOMENTO À SALVAGUARDA DE BENS REGISTRADOS COMO PATRIMÔNIO CULTURAL DO BRASIL e conta com o patrocínio do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional.

A formação dos grupos mirins, principal objetivo do projeto, foi desenvolvida pelos Mestres Sambadores, em um clássico exercício de transmissão do saber, já que os grupos são compostos, em sua maioria, por filhos e netos de sambadores. Foram criados nove grupos mirins. Um resultado da ação coletiva da Rede do Samba de Roda da Bahia. O foco nas crianças reflete a proposta atual da Rede do Samba que é salvaguardar, preservar, recriar e difundir o Samba de Roda.

O último encontro acontecerá em Saubara. Lá, os grupos e mestres que participaram das etapas anteriores fazem avaliação. Mas a festa de confraternização entre as diversas gerações do samba do recôncavo não pode faltar.

Veja fotos dos intercâmbios anteriores!! CLIQUE!

INTERCÂMBIOS DOS SAMBAS DE RODA MIRINS
3º INTERCÂMBIO – 24 DE OUTUBRO DE 2015 – SALVADOR, BAHIA
HORA ATIVIDADE LOCAL
A partir de 14h VIVÊNCIA COM MESTRES de Samba de Roda de Salvador, Terra Nova, Irará, Acupe e Simões Filho Escola Municipal e Comunitária de Canabrava. End.: Rua Bem-Te-Vi, s/n, 2ª etapa de Canabrava, Canabrava. Ponto de Referência: Farmácia Heli
APRESENTAÇÕES DOS GRUPOS MIRINS: Grupo Brava Orquestra (Salvador); Samba Mirim Frutos do Mestre (Terra Nova); Samba Mirim Raízes de Acupe (Santo Amaro); Samba Mirim Violinha do Quilombo (Simões Filho) e Samba Mirim de Irará (Irará)
PROGRAMAÇÃO GRATUITA E ABERTA À COMUNIDADE

Intercâmbios do Samba Mirim

O mês das crianças terá sabor especial para os mestres e mestras do samba de roda do recôncavo baiano e também para uma nova geração de meninos e meninas que gostam de samba. Durante o 1º Intercâmbio dos grupos de samba mirim, que acontece na Escola Heraldo Tinoco, Santiago do Iguape (Cachoeira/Ba), as crianças terão a oportunidade de vivenciar um intenso momento de formação com os mestres Domingos Preto (Iguape), Nelito (Salvador), Roque Lima (Maragojipe) e Jelita (Saubara) e também de conhecer sambadores e sambadeiras de seu tamanho que vivem em outras cidades da Bahia.

O encontro começa no dia 3 de outubro, próximo sábado, às 14h. Depois de escutar, tocar e sambar com os Mestres, os pequenos sambadores seguem com a programação na Casa do Samba de Santiago do Iguape, com a apresentação dos grupos. É o momento de os aprendizes mostrarem o que já aprenderam. Participam o Samba de Roda Juventude do Iguape (Santiago do Iguape/Cachoeira), Grupo de Samba Mirim Renovação do Recôncavo (Maragojipe), Samba Mirim Vovó Sinhá (Saubara) e o Brava Orquestra (Salvador).

O Intercâmbio é uma das atividades previstas no projeto Sambas de Roda Mirins, aprovado por meio do CHAMAMENTO PÚBLICO Nº 03/2014 – APOIO E FOMENTO À SALVAGUARDA DE BENS REGISTRADOS COMO PATRIMÔNIO CULTURAL DO BRASIL e conta com o patrocínio do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional.

A formação dos grupos mirins, principal objetivo do projeto, foi desenvolvida pelos Mestres Sambadores, em um clássico exercício de transmissão do saber, já que os grupos são compostos, em sua maioria, por filhos e netos de sambadores. Foram criados nove grupos mirins. Um resultado da ação coletiva da Rede do Samba de Roda da Bahia. O foco nas crianças reflete a proposta atual da Rede do Samba que é salvaguardar, preservar, recriar e difundir o Samba de Roda.

Para contemplar os demais grupos, serão realizados mais 3 encontros nas cidades de Terra Nova, Salvador e Saubara. Os intercâmbios são marcados por aulões ministrados pelos mestres sambadores e por apresentações públicas dos grupos mirins de samba de roda.  O último encontro acontecerá na cidade de Saubara e reunirá todos os grupos. Será um momento de avaliação e confraternização dos Mestres Sambadores com os futuros Mestres do samba de roda.

Participam dos próximos intercâmbios os grupos: Samba Mirim Raízes de Acupe (Acupe- Casa do Samba de Santo Amaro), Samba Mirim Filhos da Terra (Casa do Samba de Terra Nova), Samba Mirim Um Toque a Mais (Casa do Samba de Simões Filho), Samba Mirim Raízes de Poços (Casa do Samba de Antonio Cardoso), Samba Mirim Filhos de Zé (Casa do Samba de São Francisco do Conde).

PROGRAMAÇÃO INTERCÂMBIOS DOS SAMBAS DE RODA MIRINS
1º INTERCÂMBIO – 03 DE OUTUBRO DE 2015
HORA ATIVIDADE LOCAL
A partir de 14h Vivência com os Mestres Domingos Preto (Iguape), Nelito (Salvador), Roque Lima (Maragojipe) e Jelita (Saubara) Escola Heraldo Tinoco, Santiago do Iguape – Cachoeira/Ba
Apresentações dos grupos mirins: Samba de Roda Juventude do Iguape (Santiago do Iguape/Cachoeira), Grupo de Samba Mirim Renovação do Recôncavo (Maragojipe), Samba Mirim Vovó Sinhá (Saubara), Brava Orquestra – Salvador Casa do Samba de Santiago do Iguape- Cachoeira/Ba
PROGRAMAÇÃO GRATUITA E ABERTA À COMUNIDADE