Arquivo da tag: samba de roda

Destaque de Julho

A programação de julho no Espaço Cultural da Marujada tem um momento especial. Grande celebração coloca juntos o Jongo, as Cheganças e o Samba de Roda. Dia 22 de julho, das 9h às 16h, na sede da Fragata Brasileira em Saubara. Oficinas, apresentações, conversas com os mestres.

Cartaz 22jul - saubara

Programação de JULHO

Já está disponível a programação de oficinas, mostras de vídeos e intercâmbio cultural. Muitas trocas e grandes oportunidades de aprendizado. A programação do Espaço Cultural da Marujada é GRATUITA, Aberta a todos os interessados e acontece na Sede da Chegança dos Marujos Fragata Brasileira (R. Boca da Mata, n 05, Centro, Saubara -Bahia). Espaço Cultural Marujada tem apoio da Superintendência de Desenvolvimento Territorial da Cultura /Diretoria de Espaços Culturais/Secretaria de Cultura do Estado da Bahia – Secult-BA

JULHO 2017
EVENTO/ATIVIDADE DIA HORA
OFICINA DE VIOLÃO

 

A partir de 1/7, TER e QUI

 

14h e 19h
MOSTRA DE VÍDEO: exibição de documentários sobre as mais diversas manifestações culturais já registradas

 

8/7 – SÁBADO 17h
OFICINA DE SAMBA DE RODA: com orientação de uma sambadeira da comunidade, que transmitirá para o público presente seus conhecimentos da tradição do Samba de Roda

 

01, 08, 15, 22 e 29 – SÁBADO 9h
OFICINA DE CHEGANÇA:
com orientação de dois membros do grupo da Chegança Fragata Brasileira e terá como um dos seus objetivos a transmissão dos conhecimentos tradicionais da Marujada e também a reorganização do grupo mirim. Como também proporcionar que novas pessoas possam participar do grupo a partir de seus ensaios
01, 08, 15 22 e 29 – SÁBADO

 

Turmas às: 16h e 19h
OFICINAS DE CONSTRUÇÃO DE MÁSCARAS: as “Caretas” fazem parte de uma tradição secular. Os mascarados saem sempre no mês de julho, brincando pelas ruas da cidade. As oficinas servirão para incentivar a comunidade a construir suas máscaras, mantendo a tradição, haja vista que devido à facilidade de se comprar máscaras de borracha tem diminuído a confecção das máscaras tradicionais 1/7 – Sábado

04 e 18/7 – Terça

09 e 16/7 – Domingo

14, 21 e 28/7 – Sexta

 

 

9h
VISITAS GUIADAS: alunos das escolas públicas e o público em geral poderão visitar o espaço da  Chegança que conta com uma exposição de fotos dos grupos de Cheganças da  Bahia, como também  máscaras produzidas em nossas oficinas. Poderão assistir vídeos curtos das manifestações culturais locais. Um dos articuladores do projeto fica disponível para contar a história das manifestações locais 14/7 – Terça-feira 14 h
18/7 – Sexta-feira 9h
APRESENTAÇÃO DE SAMBA DE RODA: a Roda de Samba é um dos componentes presentes em quase todas as celebrações religiosa no recôncavo

 

2/7 – sábado 15h
30/7 – domingo 15h
OFICINAS PARA RE-CRIAÇÃO DAS PEÇAS GRÁFICAS: para cada mês será necessário alterar as informações do projeto e essas oficinas visam formar mão de obra interna.  Serão selecionados colaboradores que fazem partes dos grupos culturais para participar da oficina e assim teremos condições de manusear as peças sem custo para o Projeto

 

16/7 – sábado 14h
28/7 – sexta-feira 14h
OFICINA DE CONSTRUÇÃO DE BERIMBAU: fazer uma inicialização nesse que é um dos principais ofícios para a manutenção da capoeira que é um dos mais importante Patrimônio Cultural Imaterial do Brasil 13, 20 e 27/7 – quinta-feira 14h
OFICINA DE ATABAQUE: o som do atabaque é o chamamento para abrir os caminhos. Com essa ideia buscaremos disseminar esse som para a comunidade através das oficinas realizadas em nosso projeto 8 e 15/7, sábados 14h
OFICINA DE JONGO:
realizar um intercâmbio entre o Samba de Roda patrimônio Cultural brasileiro com o Jongo do sudeste outra manifestação que recebeu o mesmo título. O Patrimônio Cultural Imaterial do Brasil merece que evento como esses sejam realizados
14/7 – sexta-feira 14h
15/7- sábado 9h
18/7 – terça-feira 9h
22/7 – sábado ** encerramento do intercâmbio 9h

 

 

Salvador sedia Intercâmbios do Samba Mirim

O projeto Sambas de Roda Mirins continua celebrando as crianças. Mestres e aprendizes de Terra Nova, Irará, Acupe e Simões Filho estarão reunidos em Salvador para o 3º INTERCÂMBIO DOS GRUPOS DE SAMBA MIRIM. O encontro que reúne aproximadamente 100 crianças dos grupos de samba mirins acontece no dia 24 DE OUTUBRO, A PARTIR DAS 14H, na Escola Municipal e Comunitária de Canabrava (R. Bem-Te-Vi, s/n, 2ª etapa de Canabrava, Canabrava – ponto de referência: Farmácia Heli).

Com o mesmo roteiro dos intercâmbios anteriores, o primeiro momento é uma vivência com os mestres. Depois de escutar, tocar e sambar com os mais velhos, os pequenos sambadores mostram o que estão aprendendo nas oficinas que foram realizadas em suas cidades. Os grupos Brava Orquestra (Salvador), Samba Mirim Frutos do Mestre (Terra Nova), Samba Mirim Raízes de Acupe (Santo Amaro), Samba Mirim Violinha do Quilombo (Simões Filho) e Samba Mirim de Irará (Irará) apresentam o resultado do trabalho dos últimos meses.

O Intercâmbio é uma das atividades previstas no projeto Sambas de Roda Mirins, aprovado por meio do CHAMAMENTO PÚBLICO Nº 03/2014 – APOIO E FOMENTO À SALVAGUARDA DE BENS REGISTRADOS COMO PATRIMÔNIO CULTURAL DO BRASIL e conta com o patrocínio do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional.

A formação dos grupos mirins, principal objetivo do projeto, foi desenvolvida pelos Mestres Sambadores, em um clássico exercício de transmissão do saber, já que os grupos são compostos, em sua maioria, por filhos e netos de sambadores. Foram criados nove grupos mirins. Um resultado da ação coletiva da Rede do Samba de Roda da Bahia. O foco nas crianças reflete a proposta atual da Rede do Samba que é salvaguardar, preservar, recriar e difundir o Samba de Roda.

O último encontro acontecerá em Saubara. Lá, os grupos e mestres que participaram das etapas anteriores fazem avaliação. Mas a festa de confraternização entre as diversas gerações do samba do recôncavo não pode faltar.

Veja fotos dos intercâmbios anteriores!! CLIQUE!

INTERCÂMBIOS DOS SAMBAS DE RODA MIRINS
3º INTERCÂMBIO – 24 DE OUTUBRO DE 2015 – SALVADOR, BAHIA
HORA ATIVIDADE LOCAL
A partir de 14h VIVÊNCIA COM MESTRES de Samba de Roda de Salvador, Terra Nova, Irará, Acupe e Simões Filho Escola Municipal e Comunitária de Canabrava. End.: Rua Bem-Te-Vi, s/n, 2ª etapa de Canabrava, Canabrava. Ponto de Referência: Farmácia Heli
APRESENTAÇÕES DOS GRUPOS MIRINS: Grupo Brava Orquestra (Salvador); Samba Mirim Frutos do Mestre (Terra Nova); Samba Mirim Raízes de Acupe (Santo Amaro); Samba Mirim Violinha do Quilombo (Simões Filho) e Samba Mirim de Irará (Irará)
PROGRAMAÇÃO GRATUITA E ABERTA À COMUNIDADE

III Mostra do Samba de Roda de Saubara

Venha e colabore com os Sambadores e Sambadeiras de Santo Amaro, vítimas da enchente provocada pelas chuvas de 11 de abril. Doe1kg de alimento não perecível e ganhe um CD de Samba de Roda. O pessoal do Ponto de Cultura da Chegança em Saubara está recebendo as doações.

Veja a programação da III Mostra do Samba de Saubara.

III Mostra do Samba de Roda de Saubara

Circuito do Samba de Roda do Recôncavo Baiano

O Circuito do Samba de Roda do Recôncavo Baiano tem abertura dia 18 de abril (sábado), em Saubara, Bahia. A festa começa às 14h, com uma Roda de Conversa entre Sambadores e convidados, na Sede da Chegança dos Marujos Fragata Brasileira (R. Boca da Mata, 1). Nesse momento, os sambadores e sambadeiras atendem o público e dão mostras de toques e danças do samba de roda baiano.

Em seguida, às 15h, os grupos Samba das Raparigas, Samba de Vovô Pedro (Saubara), Samba Filhos da Barragem, Samba Capim de Cela (Cachoeira) e Samba Chula de São Braz (Santo Amaro) se apresentam na Praça 13 de junho.

A programação é gratuita e aberta ao público. O Circuito segue até julho e prevê a circulação de grupos de samba em mais três localidades – Santiago do Iguape, Acupe, Cruz das Almas. Os mais de 20 grupos de samba que participam do Circuito compõem uma mostra dos diversos ritmos do samba de roda: a chula, o samba corrido, o de caboclo, de desafio, dentre outros.

O Circuito do Samba de Roda do Recôncavo Baiano em 2015 é parte do conjunto de atividades que festejam os 10 anos de conquista do título conferido pela UNESCO (Organização das Nações Unidas para a educação, a ciência e a cultura) de “Obra-Prima do Patrimônio Oral e Imaterial da Humanidade”.

É realizado com patrocínio do Governo do Estado, através do Fundo de Cultura do Estado da Bahia, Secretaria da Fazenda e Secretaria de Cultura do Estado da Bahia”, por meio do Edital 08/2013 – Territórios Culturais e parceria da Associação de Sambadores e Sambadeiras do Estado da Bahia, Rede do Samba de Roda e Associação Chegança dos Marujos Fragata Brasileira.

Histórico – A primeira edição do Circuito do Samba de Roda do Recôncavo Baiano aconteceu em 2008. Mais de 30 grupos percorreram nove cidades baianas: Irará, Saubara, Santo Amaro, Terra Nova, Vera Cruz, Maracangalha, São Sebastião do Passe, Conceição da Almeida e Antônio Cardoso. Foram realizadas Assembleias e apresentações dos grupos locais, em um processo crescente de mobilização.

Saubara, a primeira anfitriã do Circuito do Samba de Roda do Recôncavo Baiano, em 2015, é um reconhecido celeiro de manifestações culturais. As festas de julho, as Cheganças, a renda, o artesanato em palha, o dendê… Surpreende também pelas belezas naturais. Fica próxima à foz do Rio Paraguaçu, em uma região que reúne praias de areias alvíssimas, falésias, áreas de manguezais e de Mata Atlântica com rios e cascatas.  Seu nome tem origem indígena. Vem de “Sauvara”, que, por sua vez, vem da palavra saúva, as formigas predominantes na cidade. Por ser colonizada por espanhóis, sofreu a variação para Saubara, seu nome atual.

Contato para entrevistas e outras informações: (75) 8178 1891 /(75) 9147 8507

ABERTURA DO CIRCUITO DO SAMBA DE RODA DO RECÔNCAVO BAIANO
Resumo da programação – GRATUITA – em Saubara, 18 de abril de 2015 (sábado)

Data/hora Atividade Local
14h Roda de conversa entre sambadores e convidados. Mostra de toques e danças Sede da Chegança dos Marujos (R. Boca da Mata, 1, Centro)
15h Apresentações públicas: Samba de Roda de Vovô Pedro e Samba de Roda das Raparigas (Saubara); Samba de Roda Filhos da Barragem e Samba de Roda Capim de Cela (Cachoeira); Samba Chula de São Braz (Santo Amaro) Praça 13 de junho

 Ver cartaz!