Arquivo da tag: cultura popular patrimonio imaterial

Jacobina sediou a 2ª reunião da Rede das Cheganças e Marujadas da Bahia

No dia 21 de maio de 2018, junto com o II Encontro de Cheganças de Jacobina, aconteceu a 2ª reunião da Rede das Cheganças e Marujadas da Bahia. Para a reunião da Rede, estiveram presentes lideranças dos grupos das cidades de Alcobaça, Camaçari, Curaçá, Jacobina, Lençóis, Taperoá e Saubara.

A conclusão da etapa de mobilização da Rede está prevista para agosto de 2018, em Saubara, Ba quando será realizado o VI Encontro de Cheganças da Bahia e a Reunião de Ampliação da Rede de Marujadas, resultado dessas ações.

A Marujada de Jacobina sai às ruas nessa data, em comemoração a São Benedito. Esse ano, o cortejo em louvor ao Santo ganhou um colorido especial com a presença dos grupos visitantes.

O projeto Rede de Cheganças e Marujadas da Bahia conta com o Apoio Financeiro do Programa Cultura Viva, Secretaria de Cidadania e Diversidade Cultural, Ministério da Cultura e Governo Federal, por meio do Edital Cultura de Redes – Fomento a Rede Culturais do Brasil – Categoria Nacional/Regional/2015. É realizado pela Associação Chegança dos Marujos Fragata Brasileira.

As ações previstas são contato com as lideranças dos grupos de Cheganças e Marujadas, mobilização das comunidades participantes da Rede, realização de reuniões com os grupos e reunião de ampliação. São realizados o registro fotográfico e coleta de depoimentos para documentar o histórico desses grupos. Para o fortalecimento e sustentabilidade dessa Rede, os grupos definiram como estratégia se auto declararem Pontos de Cultura dentro da política da Lei Cultura Viva e ampliar a Rede através da mobilização e articulação de novos grupos.

PATRIMÔNIO IMATERIAL/DOSSIÊ: na ocasião, esteve presente em Jacobina a equipe responsável pela produção do Dossiê das Cheganças, requisito para o registro definitivo das Cheganças e Marujadas como patrimônio Imaterial da Bahia, efetivado pela inscrição das Cheganças no Livro de Registro Especial das Expressões Lúdicas e Artísticas.

As equipes do Dossiê/Documentário e da Rede já passaram pelas cidades de Taperoá, Arembepe, Lençóis, Andaraí, Remanso, Mangal, Paratinga, Bom Jesus da Lapa, Saubara, Caravelas, Prado, Alcobaça, Curaçá e Jacobina, devendo chegar a Cairu no começo de junho. Ao todo serão coletadas informações de 20 grupos em 15 comunidades.

HISTÓRICO – a Rede das Marujadas e Cheganças foi formada em 2013 a partir da realização do I Encontro de Cheganças da Bahia, na cidade de Saubara. Na ocasião houve participação dos grupos de Saubara, Jacobina, Cairu, Camaçari e Taperoá. O sucesso do Encontro possibilitou a participação de mais grupos, fortalecendo o movimento cultural dessa manifestação.

Em 2018, a Rede das Marujadas e Cheganças assumiu o objetivo de fortalecimento e ampliação com visita a 13 (treze) grupos de oito comunidades envolvidas (Andaraí, Caravelas, Remanso, Jacobina, Cairu, Taperoá, Camaçari e Saubara), acompanhando o calendário de atividades dos seus grupos. Durante o processo de mobilização a meta foi ampliada pela dinâmica da própria Rede que permitiu identificar novos grupos em atividade. Ao todo serão coletadas informações de 20 grupos em 15 comunidades.